Fisioterapia e brincadeira

Dafne Herrero – Fisioterapeuta Dra. Brincadeira

Empurrando a caixa organizadora conseguimos propor aos pequenos com síndrome de Down muitos desafios interessantes:

  • A altura do brinquedo fica super adequada para a estimulação da postura em pé;
  • O peso da caixa controla a velocidade da marcha, facilitando seu planejamento;
  • A superfície plana na caixa faz com que a criança jogue peso em ambos os braços e aprimore sua função manual e a coordenação mão-olho.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Novidades

Receba em seu email as novidades e dicas da Elo21.

Banner cartilha